16/05/2019

«Acredita em mim», de JP Delaney - O novo thriller do autor de «A rapariga de antes»

Título: Acredita em mim
Autor: JP Delaney
Páginas: 424 
PVP 18,90€
 
O novo e extraordinário thriller psicológico do autor do bestseller - A RAPARIGA DE ANTES 
 
Sobre o livro:
Claire Wright gosta de se pôr na pele de outras pessoas.

Mas quem é o isco… e quem é a presa?

Claire é uma inglesa estudante de teatro em Nova Iorque. Sem o green card, não tem outra saída senão aceitar o único emprego que consegue: trabalhar para uma firma de advogados especializados em casos de divórcio. A sua missão é fingir que é uma rapariga fácil, em bares de hotel, para desmascarar maridos infiéis.

Quando um dos seus alvos se transforma no objecto de uma investigação por assassinato, a Polícia pede a Claire que use todas as suas habilidades para ajudar a atrair o suspeito para uma confissão. Mas, desde o início, ela tem dúvidas. Patrick Fogler é realmente um assassino? Ou o único marido decente que conheceu? E… será que lhe estão a ocultar alguma informação relevante para o caso?

Depressa Claire percebe que está a desempenhar o papel mais perigoso da sua vida…

O que diz a crítica:
«Original, fora do comum, inteligente e divertido.» Sunday Times
«Um thriller sombrio e assombroso. Uma excelente evocação de emoções em conflito, que não nos permite adivinhar o que virá a seguir.» Daily Mail
«Um mistério obscuro e sensual.» Metro
«Uma leitura cativante que redefine o conceito de narrador pouco fiável.» Booklist
«Ritmo acelerado. Um romance sólido do bem-sucedido autor JP Delaney.» Library Journal
«Um thriller psicológico intenso e elegante.» Housekeeping

Sobre o autor:
JP Delaney, pseudónimo de um escritor de ficção de sucesso e director criativo numa das maiores agências de publicidade do Reino Unido, estreou-se nothriller psicológico com o bestseller internacional A rapariga de antes. Foi publicado em mais de 30 países, tendo alcançado grande sucesso em todos eles. O filme baseado nesse romance será levado ao grande ecrã pelo realizador Ron Howard (Apollo 13, Uma mente brilhante, O código Da Vinci,…).
Acredita em mim, o segundo thriller deste autor, alcançou os primeiros lugares nas listas de mais vendidos nos Estados Unidos e Inglaterra, os primeiros países onde o livro foi publicado.
 

 

Novidades Topseller nas livrarias

Sinopse:
Uma história inebriante sobre uma mulher que sonha ser artista e o homem cuja obsessão pode destruir o mundo dela para sempre.
Londres, 1850. O edifício que albergará a Grande Exposição está a ser construído em Hyde Park. No meio da multidão que ali se junta, duas pessoas encontram-se por mero acaso. Para Iris, uma aspirante a artista, aquele é apenas um encontro efémero, esquecido passados poucos segundos. Mas para Silas, um colecionador fascinado por coisas estranhas, aquele momento marca um novo começo…
Quando Iris é convidada a posar como modelo para Louis Frost, um pintor pré-rafaelita, ela aceita, com a condição de que Louis também a ensine a pintar. De súbito, o mundo de Iris transforma-se numa experiência dominada pelo amor e pela arte, indo além de tudo aquilo com que sempre sonhou.
Só que o mundo de Iris pode ruir a qualquer momento, pois Silas só consegue pensar numa coisa desde o primeiro encontro de ambos. E a sua obsessão torna-se cada vez mais sombria…


Sinopse:
Abrangendo as ruas geladas de Reiquiavique, os fiordes isolados e as Terras Altas da Islândia, A Escuridão é o novo romance de um dos nomes mais entusiasmantes do policial nórdico atual.
Aos 64 anos, a inspetora Hulda Hermannsdóttir, da Polícia de Reiquiavique, está prestes a ser forçada a reformar-se, mas antes quer levar a cabo uma última investigação: Elena, uma jovem refugiada proveniente da Rússia, foi encontrada sem vida numa enseada rochosa em Vatnsleysuströnd, na Islândia. 
Assim que começa a fazer perguntas, Hulda não demora muito a perceber que não pode confiar em ninguém. Elena não foi a única mulher a desaparecer naquela altura, e ninguém parece estar a contar a história toda. Quando os próprios colegas tentam pôr um travão na investigação, Hulda tem muito pouco tempo para desvendar a verdade, mas está determinada a descobrir quem é o assassino. Ainda que isso signifique colocar a própria vida em risco.



Sinopse: 
Finalista Prémio Goodreads Melhor Romance Young Adult

Nem sempre é possível confiar no que se vê.

«Às vezes, acho que as pessoas tomam a realidade por garantida. Quer dizer, como é que se percebe a diferença entre sonho e vida real?»
A Alex enfrenta uma luta diária: distinguir entre realidade e alucinação. Munida de uma atitude destemida, uma bola mágica e uma máquina fotográfica que lhe permite captar o mundo exterior, ela trava uma batalha contra a esquizofrenia, enfrentando tudo e todos para não se deixar definir nem limitar pela sua doença. 
O seu plano parece correr-lhe de feição ao iniciar uma nova vida numa nova escola. Mas, um dia, a Alex conhece o Miles e, de um momento para o outro, começa a viver os ritos de passagem próprios da juventude: faz amizades, vai a festas, apaixona-se...
Porém, o mundo da Alex está repleto de cores, objetos, pessoas e sons que podem ou não ser reais. A memória e os sentidos mentem-lhe constantemente, semeando a dúvida: será que o Miles existe mesmo? E estará ela preparada para ter uma vida normal?
  Um livro provocador e intrigante sobre a doença mental e o significado de ser adulto.

Sinopse: 
Londres, 2050. A crise socioeconómica terminou e as políticas de incentivo ao consumismo não param de surgir.
Ser proprietário de terrenos fora da cidade é privilégio de uma elite, sendo que a restante população apenas obtém o seu Direito de Residência se o dinheiro que gastar for suficiente para alcançar um dos patamares do estatuto de Consumidor. 
O envelhecimento foi abolido graças a uma nova e radical abordagem, que substitui a reforma por uma feliz eutanásia num Dignitorium, embora os mais desfavorecidos sejam deixados à sua sorte, longe da vista daqueles que efetivamente contribuem para a sociedade. 
Alice é uma Consumidora Média. Depois do desaparecimento de Philip, arrisca-se a perder a casa e o seu estatuto social, começando a pôr em causa a sociedade em que foi criada e que o próprio marido ajudou a construir. Na demanda pelo paradeiro de Philip, ela acaba por descobrir algumas verdades horrendas acerca do que aconteceu à sua família no passado e da crueldade que se esconde por detrás da nova hierarquia social. 
Terra de Lobos é uma poderosa visão distópica, no espírito de Black Mirror, que agradará a fãs de História de Uma Serva e Nunca me Deixes.


13/05/2019

Porto Editora - "Lazarus", o novo livro dos Lars Kepler

Título: Lazarus 
Autor: Lars Kepler 
Págs.: 528 
PVP: 18,80 €   

Lazarus, o novo thriller dos  Lars Kepler 
 
Violência, ação e suspense na nova investigação do inspetor Joona Linna 

Chega esta quinta-feira, dia 16 de maio, às livrarias o mais recente livro dos Lars Kepler, Lazarus, o sétimo título da série protagonizada pelo inspetor Joona Linna que tem vindo a conquistar os leitores portugueses.  Como nos anteriores, este é um thriller negro, violento e emocionante, que este ano venceu, na Suécia, o Prémio Storytel para “Melhor Suspense”. Desta vez, o inspetor Joona Linna terá de lidar com o inesperado regresso de um homem que anseia por vingança.  Com mais de 10 milhões de exemplares vendidos em 33 países, Lars Kepler – a dupla composta por Alexander Ahndoril e Alexandra Coelho Ahndoril – são hoje uma referência inquestionável na literatura nórdica policial, considerados os sucessores de Stieg Larsson. 

SINOPSE 
Um homem é encontrado morto no seu apartamento em Oslo. Ao que tudo indica, a vítima era um desconhecido, saqueador de túmulos e colecionador de troféus. Aliás, quando a Polícia abre o frigorífico da cozinha, a perplexidade é total. Uns dias mais tarde, Joona Linna é contactado por uma inspetora da Polícia alemã no sentido de o ajudar com um homicídio perto de Rostock, e Joona reconhece de imediato um padrão que não pode ignorar. Alguns chamariam milagre se alguém regressasse dos mortos – outros chamar-lhe-iam um pesadelo. Lars Kepler, os mestres do thriller, estão de regresso, com o sétimo livro da série Joona Linna.

PRIMEIRAS PÁGINAS Disponíveis aqui.
 
OS AUTORES
Lars Kepler é o pseudónimo de uma dupla de escritores de sucesso na Suécia: Alexander Ahndoril e Alexandra Coelho Ahndoril. O Hipnotista, primeiro volume da saga, alcançou um enorme sucesso internacional e foi adaptado ao cinema pela mão do realizador Lasse Hallström. Depois de seis volumes, chega agora Lazarus. Mais informações em www.larskepler.com  


 

10/05/2019

Novidades Planeta Maio 2019

Um policial intenso e perturbador na fascinante Gronelândia. Neve, gelo e neblina revelam terríveis segredos mortais escondidos há muito tempo.  

Uma série com um jornalista íntegro e alma de poeta que irá aliciar os leitores de policial.
 
A RAPARIGA SEM PELE 
MADS PEDER NORDBO 
Páginas:
368
PVP: 18,85€
À venda nas livrarias  

Eles estavam à beira do glaciar. O mar debaixo do helicóptero denso de gelo. À sua frente, a brancura infinita estendia-se até onde a luz podia alcançar.
Milhões de cristais brancos. Excepto num lugar. Onde a múmia fora encontrada e Aqqalu vigiava. Lá, o gelo estava vermelhobrilhante.  
Quando um cadáver viquingue mumificado é descoberto numa fenda no gelo, o jornalista Matthew Cave é destacado para cobrir a história. No dia seguinte, a múmia desapareceu. O corpo do polícia que a guardava jaz no gelo, nu e esfolado, tal como as vítimas de uma horrível série de assassínios que aterrorizaram a remota Nuuk na década de 1970.
Enquanto Matt investiga, fica chocado com a privação e violência brutal que os locais tomam como usual. Incapaz de confiar na polícia, começa a suspeitar de um encobrimento. É quando conhece uma jovem inuit, Tupaarnaq, condenada por matar os pais e duas irmãs, que Matt começa a perceber o quão profunda é essa história… e no perigo em que se meteu.  
Um policial que não se coíbe de pormenores, violento, sombrio, complexo e impressionante. Um novo autor que vai dar que… ler!  
Os lugares e a paisagem. São grandes linhas evocativas que os escritores escandinavos têm e que Mads Peder Norbdo explora de forma magistral neste livro   

«A Rapariga Sem Pele tem todos os ingredientes necessários para um verdadeiro romance policial. Assassínio, estranheza, calafrios, superstição, segredos terríveis – mas ao mesmo tempo o leitor pode sentir a afeição do autor pela Groenlândia.» Krimifan
«… na sua essência, um crime clássico combinado com a intensidade de um thriller - mas também se foca na crítica social.» VG Norway


Sobre o autor 
Mads Peder Nordbo nasceu em 1970 e formou-se em Literatura, Comunicação e Filosofia pela Southern University na Dinamarca e na Universidade de Estocolmo. Trabalha no departamento de comunicação da câmara de Nuuk, a capital da Gronelândia, onde vive com a mulher e a filha.  
Um autor que se está a transformar num fenómeno internacional. O seu primeiro livro será publicado em 18 países. 

Ontem à Noite 
CATHERINE O´CONNELL  
Páginas: 336
PVP: 18,85€  
Nas livrarias a partir de 21 de Maio

Muito viciante. O romance é uma montanha-russa de emoções, surpresas e reviravoltas até ao fim.  
 UM LIVRO QUE A PLANETA RECOMENDA ESPECIALMENTE PARA QUALQUER AMANTE DE THRILLER DE SUSPENSE-
---
«A trama tem várias direcções antes de se unir rapidamente de forma inesperada, conduzindo a um fim surpreendente. O’Connell narra toda esta intrincada trama com grande dinamismo.» Publishers Weekly  
 
Seis amigas. Uma noiva. Um assassínio. Demasiados segredos.
 
Maggie Trueheart vai casar com o homem dos seus sonhos. Ansiosa por uma última noite selvagem antes do grande dia, reúne as amigas mais próximas para a grande despedida de solteira. Mas as coisas correm mal, horrivelmente mal. Quando o corpo de Angie é descoberto no parque na manhã seguinte, a noite que era para ser inesquecível transforma-se num pesadelo que só desejam esquecer. Sob o escrutínio intenso da polícia, até onde Maggie e as amigas irão para manter os seus segredos chocantes sem serem revelados. Até proteger um assassino?   
 
«Catherine O’Connel escreveu um thriller tão habilmente planeado que o leitor não conseguirá adivinhar quem é o culpado até às últimas páginas.» NY Journal
 

Um enredo fascinante onde o leitor até ao fim não vai saber por que caminho a autora o levará nos meandros das intrigas e de traições entre o grupo de amigos. Imprescindível para qualquer fã de suspense.  
Uma narrativa viciante onde as personagens – seis personagens femininas de personalidades fortes – são muito credíveis e bem desenvolvidas. As amigas estão longe de ser perfeitas, o que dá credibilidade ao enredo. E entre os amigos nunca se conta tudo existindo sempre alguma coisa, algum segredo que as personagens guardam para si.
 
 «Acordei a ouvir a campainha do telefone e com a sensação nauseante, desagradável, de não estar sozinha. Deitada de lado e a olhar para a parede, não podia ignorar o calor que outro corpo irradiava debaixo dos meus lençóis de marca. Lembrei-me de que o Flynn não estava na cidade. Um frenético replay da noite anterior só me trouxe imagens dispersas. Não havia dúvida, ainda estava bêbeda.» 
 
Sobre a autora  
Catherine O’Connell vive entre Chicago e Aspen e é membro do Aspen Words, um centro literário que apoia os escritores e que ajuda as suas obras a chegar ao público. Também é membro do Mystery Writers of America and Sisters in Crime. Catherine foi a vários programas de televisão como nos canais ABC, NBC, CBS e programas de rádio, entre os quais WGN Radio’s SUNDAY PAPERS com Rick Kogan. 


O CADERNO SECRETO DOS NOSSOS ÓDIOS (que há que manter secreto a todo o custo)   
Para os fãs do DESTRÓI ESTE DIÁRIO, chega este novo livro de atividades irreverente e hilariante que o encoraja a liberar a sua raiva interior, registrar os seus aborrecimentos mais profundos e detalhar com criatividade cada pessoa que já lhe fez mal.
 

O Pequeno Livro do Mau Humor 
LOTTA SONINNEN  
 
Ao contrário do que se pensa, não há nada de errado com uma boa dose de mau humor. Aliás, extravasar a raiva, em vez de guardá-la, é até capaz de fazer bem à saúde. E se tudo for feito sem ferir os sentimentos de alguém, então, perfeito. 
Essa é justamente a proposta de O Pequeno Livro do Mau Humor, da finlandesa Lotta Sonninen, um divertido diário ilustrado que estimula os leitores a tomarem nota das pessoas, factos e situações capazes de tirarem a sua paciência. 
Capítulos como “Deite tudo cá para fora” e “Direcione o azedume” ilustram bem o caráter
 
Teve um dia ruim? Desabafe no PEQUENO LIVRO DO MAU HUMOR! Um livro catártico!
 
Ao contrário do que se pensa, não há nada de errado com uma boa dose de mau humor. Aliás, extravasar a raiva, em vez de guardá-la, é até capaz de fazer bem à saúde. E se tudo for feito sem ferir os sentimentos de alguém, então, perfeito.  
Essa é justamente a proposta de O Pequeno Livro do Mau Humor, da finlandesa Lotta Sonninen, um divertido diário ilustrado que estimula os leitores a tomarem nota das pessoas, factos e situações capazes de tirarem a sua paciência.  
Capítulos como “Deite tudo cá para fora” e “Direcione o azedume” ilustram bem o caráter “terapêutico” de O Pequeno Livro do Mau Humor. Ao anotar os hábitos mais irritantes do seu filho, da sua avó ou do seu vizinho, por exemplo, o leitor livra-se da energia negativa armazenada, sem necessariamente se indispor com alguém 
As “palhaçadas” da vida on-line ganharam um capítulo exclusivo, afinal, quem nunca perdeu o humor com uma atualização de estado exasperadora, um tweet descabido ou um emoji que merecia um soco no meio daquela carinha redonda sem piada? 
Lotta Sonninen trabalhou durante anos na Finlândia como designer em publicações dedicadas a elevar o espírito dos conterrâneos durante os longos períodos de inverno. Até que de ver tanto bom humor passar pela frente, acabou por ficar... de mau humor.  
O Pequeno Livro do Mau Humor surgiu como o “antídoto” à ideia de que se algo nos irrita, a culpa obrigatoriamente é nossa. Uma divertida oportunidade para se aliviar a raiva ou presentear aquele parente ou colega de trabalho que está sempre irritado.  
Afinal, de mau humor nessa vida, já basta o nosso. 
 
Sobre a autora 
Lotta Sonninen mora na Finlândia, onde é editora de ficção. Já traduziu muitos livros do inglês para o finlandês (incluindo o As Cinquenta Sombras de Grey, coisa que fez sob pseudónimo). No seu tempo livre, toca numa banda e já experimentou stand-up comedy.



Uma nova edição da adaptação em romance gráfico do CREEPSHOW de Stephen King, baseado no filme realizado por George Romero em 1982, que se tornou num verdadeiro clássico de culto.. 
Uma antologia de contos de terror que é um clássico imprescindível na biblioteca de qualquer fã da fantasia.
 
CREEPSHOW
STEPHEN KING | GEORGE A. ROMERO | JACK KAMEN

 
Um tributo inquietante, carregado de humor negro, às histórias de banda desenhada controversas e influentes da década de 1950, CreepShow apresenta cinco histórias sinistras do autor de best-sellers n.º 1 do New York Times.   

Creepshow é um filme de terror americano de 1982, realizado por George A. Romero, com guião original de Stephen King. Stephen King está no Guinness como o autor vivo com maior número de adaptações para cinema  

Baseado na antologia de terror e no filme clássico de culto realizado por George A. Romero em 1982 (A Noite dos Mortos-Vivos e Zombie: A Maldição dos Mortos-Vivos) com ilustrações deslumbrantes do lendário Bernie Wrightson e uma capa do fabuloso artista de banda desenhada Jack Kamen!  
 
Sobre o autor 
É um escritor americano de terror, ficção sobrenatural, suspense, ficção científica fantasia. As suas obras estão traduzidas em mais de 40 países, tendo vendido 400 milhões de exemplares. 

 
 

 

07/05/2019

Traz-me de Volta, de B. A. Paris


Opinião:
Traz-me de volta é o terceiro livro que leio desta autora e confesso que o meu preferido continua a ser Ao Fechar da Porta.
O enredo deste livro centra-se em três personagens, Finn, Layla e Ellen, (irmãs). Finn namorava Layla quando esta desapareceu misteriosamente numas férias que ambos fizeram em Paris, ninguém sabe o que lhe aconteceu, se está morta, se simplesmente desapareceu. Ao fim de 12 anos do desaparecimento de Layla, Finn conhece Ellen, começam a namorar, e quando pensam casar, Finn começa a receber e-mails muito estranhos, obscuros, assim como uns objectos muito específicos, que o transtornam completamente, e o levam ao passado, a partir daqui vai ser um despoletar de vários acontecimentos estranhos que vão afectar o casal, desequilibrar a sua relação.
Narrado alternadamente entre o presente e o passado, (que eu tanto gosto), vamos tendo a perspectiva de Layla e de Finn, o que nos vai deixando muito curiosos, pois não sabemos em quem confiar, é um emaranhado de teias que se juntam umas nas outras, sentimos que algo não está certo, sente-se que alguém tem um desequilibro mental, mas quem? Quem pode realmente estar por detrás de tudo isto? O que aconteceu realmente a Layla?
O facto de queremos juntar as peças e saber quem está por detrás destas pistas sinistras, deixadas ao casal, faz-nos desconfiar e tecer conjecturas até ao final, mas não podia estar mais errada, não chegaria lá, mas foi este suspense que me fez ler o livro num ápice, li num fim semana, em duas tardes, mas quando cheguei ao desfecho fiquei desiludida, não era de todo aquele que estava à espera,  a reviravolta não me convenceu, não me fez sentido, e acredito que autora podia ter feito melhor. 
Provavelmente outras pessoas não vão concordar comigo, e vão achar este desfecho muito bom, isso depende de cada um, por isso recomendo que leiam, pois vale a pena por toda a tensão em que o livro nos coloca durante toda a leitura, foi isso que eu gostei.

Para saber mais informações sobre o livro pode consultar o site da  Editorial Presença aqui


06/05/2019

Novidade Marcador - A FORÇA DO AMOR, de Angela Hart


A FORÇA DO AMOR 
Angela Hart
Coleção: Marcador 
Literatura Tema: Literatura| Casos de Vida
Título Original: The Girl Who Just Wanted to Be Loved 
N.º de Páginas: 240
PVP: 15,90€
Nas livrarias a 08/05/2019

 NOVO LIVRO DE ANGELA HART 
A SUPERMÃE DE ACOLHIMENTO
                                     
Uma menina muito magoada e a mãe adotiva que nunca desistiu
Keeley, de oito anos de idade, parece a menina mais doce do mundo, mas os demónios do passado tornam o seu comportamento longe de angelical. Ela faz com que Angela, a sua mãe de acolhimento, passe por momentos muito exigentes e difíceis enquanto trava batalhas diárias contra os seus problemas psicológicos profundamente arraigados. Conseguirá o amor e o cuidado especializado de Angela e do seu marido, Jonathan, ajudar Keeley a triunfar contra todas as probabilidades? 

AUTORA:
«Chamo-me Angela Hart e vivo em Inglaterra com o meu marido, Jonathan. Conhecemo-nos num baile da povoação quando éramos adolescentes, nos anos setenta, e pouco depois saímos da nossa terra natal para trabalhar. Um dia, um anúncio no jornal local chamou a minha atenção: «Procuram-se Famílias de Acolhimento.» Soube de imediato que era uma coisa que adoraria fazer. Em criança, tive uma amiga cuja família acolhia crianças e perguntara muitas vezes à minha mãe se podíamos fazer o mesmo, mas ela respondera sempre que não fora talhada para isso e não tinha paciência. Sempre tencionáramos constituir família; com certeza acolher crianças seria como criar os nossos próprios filhos, talvez até mais fosse fácil. Olhando para trás, percebo que fui muito ingénua. Cada criança tinha problemas próprios, alguns muitos tristes, outros bastante chocantes. Vimo-nos imersos num sistema sobre o qual nada sabíamos, mas em breve percebemos que não podíamos sair. Gostei dos desafios e das recompensas de ser mãe de acolhimento. Continuei a estudar, especializei-me em adolescentes com necessidades complexas, e nunca olhei para trás. Jonathan e eu acolhemos mais de cinquenta crianças nos últimos vinte e sete anos. Espero que gostem de ler sobre algumas das crianças maravilhosas que tivemos o privilégio de receber nas nossas vidas.»

CITAÇÕES:  
«Um relato comovente que atesta o poder redentor do amor. Espero que Angela Hart seja uma inspiração para outras famílias de acolhimento.» Torey Hayden   
«Uma narrativa extraordinária escrita por uma mulher extraordinária, e trouxe-me muitas recordações.» Casey Watson

- História baseada na vida real 
- Um livro comovente que retrata a vida de uma mãe de acolhimento, abordando simultaneamente temas sensíveis tais como a adoção, o abuso sexual e maus-tratos infantis.

Para mais informações consulte o site da Editorial Presença aqui