28/03/2016

«O Segredo Mais Bem Guardado», de Jeffrey Archer, chega às livrarias dia 1 de abril

O Segredo Mais Bem Guardado
Jeffrey Archer
Género: Literatura / Romance
Tradutor: Fernanda Oliveira
N.º de páginas: 408
Data de lançamento: 1 de abril de 2016
PVP: € 17,70
Best-seller internacional

O mês de abril na Bertrand Editora arranca com um dos títulos mais esperados: O Segredo Mais Bem Guardado. Este é o terceiro volume da série The Clifton Chronicles, que tem cativado milhares de leitores em todo o mundo. Depois de Só o Tempo Dirá e Os Pecados do Pai, ambos publicados pela Bertrand Editora o ano passado, os leitores vão poder continuar a acompanhar a história dos Clifton, que neste mais recente livro entra em cena uma nova geração da família.
A revista especializada em livros e literatura, Publishers Weekly, descreve na perfeição e numa simples frase aquilo que é a alma de O Segredo Mais Bem Guardado.
«Uma hábil mistura de personagens interessantes, ressentimento fervilhante, vingança calculada e um chocante e trágico suspense final distinguem o terceiro volume das The Clifton Chronicles, de Jeffrey Archer», afirma aquela publicação sobre esta obra, que tem merecido as melhores críticas em diversas publicações de prestígio.
Jeffrey Archer é um dos mais notáveis autores da atualidade, com mais de 250 milhões de exemplares vendidos em 97 países, e traduzido para 37 idiomas. Aos 75 anos, mantém a disciplina de acordar às 5h30 para começar a escrever assim que amanhece. A escrita de Archer é viciante, em que a vontade de ler sempre mais uma página torna-se quase imparável.
A série The Clifton Chronicles conta com um total de seis livros publicados, estando Jeffrey Archer a trabalhar no sétimo e último volume. Esta é uma saga absolutamente fascinante, que atravessa várias gerações de uma família ao longo de um século de história.

«Uma saga de leitura compulsiva, capaz de fazer parar o coração.» - Publishers Weekly

Sinopse:
1945. Na Câmara dos Lordes, a votação para a atribuição da fortuna dos Barrington acabou em empate. Harry regressa à América para promover o seu novo romance, ao passo que a sua amada Emma parte à procura da menina que foi encontrada abandonada no gabinete do seu pai na noite em que ele foi assassinado. Quando chegam as eleições gerais, Giles Barrington tem de defender o seu lugar na Câmara dos Comuns e fica horrorizado ao descobrir que os conservadores decidem ficar contra ele. Mas é Sebastian Clifton, filho de Harry e Emma, que acaba por influenciar o destino do tio. Em 1957, Sebastian ganha uma bolsa de estudo para Cambridge, e assim entra em cena uma nova geração da família Clifton. Depois de ser expulso da escola, Sebastian é apanhado numa fraude internacional de obras de arte que envolve uma escultura de Rodin, que vale muito mais do que o dinheiro conseguido em leilão. Será que ele se torna milionário? Irá para Cambridge? Correrá perigo de vida? O Segredo Mais Bem Guardado responde a todas estas perguntas, mas levanta muitas mais…
Sobre o autor:
Jeffrey Archer tem mais de 250 milhões de exemplares vendidos em 97 países e 37 idiomas. É autor de 16 romances, seis coleções de contos, três peças de teatro, três volumes do seu diário da prisão e um envagelho. É o único autor que foi número 1 em ficção (15 vezes), contos (quatro vezes) e não ficção (Os Diários da Prisão). Archer é casado com Dame Mary Archer DBE, têm dois filhos e vivem em Londres e Cambridge.

«Não há melhor contador de histórias vivo.»  - Larry King -

2 comentários:

Tixa Oliveira disse...

Boa tarde!! Encomendei agora este livro mas não sabia que fazia parte de uma crônica...
Acha que me vou 'perder na história' oi conseguirem acompanhar apenas com este livro?

Odete Silva disse...

Olá boa tarde,
Eu recomendo a ler os outros dois primeiro,
Só o Tempo Dirá (1º) e Os Pecados do Pai (2º),
como é uma saga é sempre melhor, essa é a minha opinião, e vão sair mais.
Obrigada pelo contacto :)))